RAVIVAR O FUOCO

19.04.2014

Regenerar a Vida em Abundância
Quem somos e de onde viemos
Somos 15 Irmãs, provenientes de 10 nacionalidades e, portanto, um ambiente multicultural (México, Egipto, Costa Rica, Itália, Quénia, Uganda, Moçambique, Sudão, Portugal, Equador), e de 10 países de missão (México, Itália, Quénia, Uganda, Moçambique, Sudão, Sul Sudão, Zâmbia, Congo e Etiópia).
Esta diversidade é verdadeiramente uma riqueza e uma alegria, porque aqui nós vivemos como família. 
Todas nós, para vivermos este tempo privilegiado de renovação, que integra as dimensões: humana, espiritual, moral, psicológica, ministerial e comboniana, nos destacamos momentaneamente das nossas comunidades, dos nossos trabalhos e do povo com que colaboramos, na certeza que esta experiência renovará as nossas energias para responder de forma nova aos desafios do nosso sermos Mulheres Consagradas hoje, à missão ad gentes, Mulheres do Evangelho, Santas e Capazes, como nos queria Daniel Comboni. 
A Irmã que nos acompanha neste percurso é Vera Lúcia Geraldo, que faz parte do Secretariado Geral de formação e com ela outros/as palestrantes nos acompanham neste tempo, que leva o nome de RAVIVAR O FOGO (Regenerar a Vida em Abundância).  
Como está distribuído o nosso tempo ….
Este período de três meses que nos espera, está subdividido entre momentos de escuta dos conteúdos, escuta da palavra de Deus, reflexão, meditação, partilha entre nós, leitura e momentos para conhecer a cidade que nos acolhe, onde reencontramos as raízes da nossa congregação e da nossa família Comboniana. 
Atividades….
Iniciamos já a primeira semana fazendo memoria da experiencia vivida, sendo convidadas a compreender o próprio tempo, procurando Deus no tempo e sobretudo como descobrir nesse tempo a novidade de Deus. À luz do Espirito de Deus, cada uma de nós apreciou e considerou este momento como de graça, certa que o Espírito Santo nos ajudará a escrutar/sondar os tempos de hoje.
Nos sentimos renovadas e encorajadas a viver o presente com alegria e a olhar para o futuro com esperança. 
Na segunda semana falamos sobre as Mulheres do Evangelho; o encontro com elas ajudou-nos a descobrir e aprofundar novos elementos, que enriquecem o nosso caminho de fé, no seguimento ao nosso Mestre. 
Estas Mulheres do Evangelho, cheias de fé, deixaram-se tocar na sua fraqueza e enfermidade, certas de que o amor e a misericórdia as teriam curado e transformado as suas vidas. 
As Mulheres do evangelho estimulam-nos, encorajam-nos e indicam-nos a verdadeira maneira de Ser no tempo e na história; Ser mulheres de anúncio, de coragem e de esperança; mulheres que geram vida, aquelas Irmãs que Comboni sempre quis.   
Eis-nos na terceira semana, em que aprofundamos as nossas raízes santas: 
1.
Espiritualidade comboniana ao feminino
2.
Pertença 
3.
Leadership
4.
As Irmãs Idosas 
Espiritualidade:
A partir da contemplação do coração de Jesus, Comboni sente-se “…mais disposto a sofrer e a suar até o ultimo respiro e a morrer por Jesus Cristo e pela saúde dos povos infelizes da África”(Scritti 4290)
Assim, também nós somos convidadas a contemplar esse coração transpassado de Jesus, através do qual vemos a humanidade ferida que ainda precisa de ser curada. Sentimo-nos chamadas a assimilar os sentimentos de Jesus: sentimentos de amor, de misericórdia e de compaixão, a fim de que possamos levar também nós, a luz de Deus na nossa vida, nas nossas comunidades e entre os povos onde vivemos. 
Pertença: uma pergunta interpelou-nos: A quem pertencemos, hoje? Cada uma de nós deu a sua resposta; portanto, cada pessoa é chamada a dar a sua resposta.
Leadership:
Seis modelos de leadership foram-nos apresentados: não se fala mais de uma leadership que tem a ver com um certo grupo de Irmãs, mas fala-se de uma leadership que envolve todas as Irmãs da congregação. Citando este modelo de   leadership, reencontramos: um futuro desconhecido de descontinuidade, de curvas e espirais, sistemáticas, profética e uma leadership que faz “teologia”.
Para nós foi um símbolo, para reconhecer que cada irmã tem uma responsabilidade para renovar o seu modo de viver a missão como leaders.  
As Irmãs Idosas: 
Depois desta última semana em que nos deram uma visão de pertença e de leadership, não podíamos concluir, sem uma visita às Irmãs idosas e doentes, que partilharam connosco a sua experiencia missionária e o testemunho; que nos estimularam a vivermos com coerência e fidelidade a nossa missão. Elas incentivaram-nos a ter os olhos fixos em Jesus Cristo, aceitando cada acontecimento como vontade de Deus e a levar a cruz com coragem, pois que, Deus não se esquece nunca de quem o segue com amor e fidelidade. 
Reconhecemos que estas nossas irmãs traçaram-nos o caminho, que nos encoraja a não perder nunca a confiança, Naquele que nos escolheu.
Share Button